A WeWork solicita informações pessoais ou financeiras aos membros por telefone ou e-mail?

Para evitar que nossos membros sejam vítimas de campanhas de phishing e de vazamentos potenciais de dados privados, a WeWork proíbe que a equipe peça informações pessoais ou bancárias aos membros por telefone ou e-mail. O phishing é uma forma de ataque de engenharia social que tenta obter informações confidenciais ao se passar por instituições confiáveis por e-mail ou telefone.

Para ajudar a evitar que nossos membros sejam expostos a esse tipo de golpe, reunimos uma lista de maneiras para se identificar um e-mail ou ligação falso:

  • Um e-mail de phishing pode conter erros gramaticais, de ortografia ou de pontuação. A comunicação externa da WeWork passa por protocolos rígidos de garantia de qualidade antes de ser direcionada aos nossos membros. Portanto, a presença de erros gramaticais, de ortografia ou de pontuação é improvável em um e-mail autorizado da WeWork.
  • Um e-mail ou ligação de phishing pode incluir uma solicitação urgente de informações pessoais ou bancárias. A WeWork NUNCA pede que os membros informem CPF, senhas ou número do cartão de crédito por e-mail ou telefone.
  • Um e-mail de phishing pode pedir a nossos membros que cliquem em um link incorporado. Como precaução, os membros da WeWork devem segurar o cursor do mouse sobre os links mascarados para revelar o endereço web real antes de clicar.

Caso você suspeite que tenha recebido um e-mail ou ligação fraudulenta ou de phishing, envie uma solicitação de suporte.